quinta-feira, 21 de setembro de 2017

No Ar: "Trovador Espacial"

Está no ar nosso novo clipe! \o/

É com grande alegria que publicamos  "Trovador Espacial", que faz parte do EP Céu de Mistérios!
Curta em alto e bom som e nos ajude a compartilhar!

"É aos Trovadores que devemos o renascimento da música. Foram eles que, rompendo as sombras da ignorância e da superstição, cessaram a desolação. Eles lapidaram a aspereza dos hábitos feudais, tiraram o povo de sua dormência mortal, reanimaram seu espírito, ensinaram-nos a pensar, e por fim deram origem ao amanhecer de luz que traz o brilho de seu dia para as nações de hoje."

Fabre D'Olivet - 8 de janeiro de 1843


quarta-feira, 20 de setembro de 2017

quarta-feira, 26 de julho de 2017

"Celina"


"Celina"
(Felipe Oliveira)

Reconheci no seu olhar
O porquê estou aqui
Um sentido sem ter fim
Eu reaprendi
A navegar
A grandeza deste céu
No encontro com teu mar

Suave lua
Salutar
O seu nome é poesia
Inspirando a melodia

Celina, Celina

domingo, 2 de julho de 2017

A Tempestade - Letra




Haverá um lugar
Muito além deste mar
Onde um céu limpo, azul
Nem sempre é o que convém

Haverá outro cais
E um píer estrelar
Um navio com músicas
Ao invés de convés

Sair, Velejar
Faça chuva ou Sol
Ou um Lá Maior

Não, Não vá se perguntar
Se essa Tempestade vai passar
Passe então você por ela e
Vamos desembarcar
Estou tentando te encontrar
Mas está tão difícil de enxergar
Muito além dessas nuvens de gás
A Luz você verá
(Hey!)

Quando o mar se exaltar
Essa canção vai lhe acalmar
Há uma bússola que aponta além das marés
O marinheiro está sempre pronto a velejar
Visão além das nuvens
Mas o mar sob seus pés

Aqui é o lugar
Não olhe para trás
VIVAGORAVAI!

Não, Não vá se perguntar
Se essa Tempestade vai passar
Passe então você por ela e
Vamos desembarcar
Estou tentando te encontrar
Mas está tão difícil de enxergar
Muito além dessas nuvens de gás
A Luz você verá

A Lenda diz o que passou
A História conta o que virá
Entre a desolação e a esperança
VIVAGORAVAI
Seremos trovadores
Em uma profunda e breve paz
Viajando através do Tempo-Espaço
Sem temer jamais

Sair, velejar
Faça chuva ou Sol
VIVAGORAVAI

Muito além destas nuvens de gás
A Luz em você está

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Céu de Mistérios - Letra




"Céu de Mistérios"
(Felipe Oliveira)

A próxima vez que eu brilhar neste céu
Você já será um adulto
Verá que é relativo 
Tudo o que hoje
Você julga absoluto

Certezas que você contava na ponta dos dedos
Já não batem com a prova real
Um livro com muitas interrogações
Mas que nunca tem um ponto final

A vida é um cometa
Em voo rasante
Toda eternidade cabe nesse instante
O que está embaixo é como o que está em cima
Futuro e passado
Questão de perspectiva

Céu de Mistérios sem fim
Céu de Mistérios sem fim
Viva seu caminho, Leonin!

Céu de Mistérios sem fim
Céu de Mistérios sem fim
Viva seu caminho, Leonin!


Só vemos aquilo que está ao nosso alcance
Isso eu posso lhe revelar
Mas existem coisas muito além da imaginação
E a viagem ainda vai começar
Esteja preparado para a tempestade adiante
Lembre de onde vem e pra onde vai
Talvez o seu destino ainda lhe seja misterioso
Então procure ter consciência de onde está

Longínquas estrelas
Nebulosas distantes
O que você vê agora
Aconteceu muito antes
O seu próprio passo
O caminho lhe ensina
Tempo e espaço
Questão de perspectiva

Céu de Mistérios sem fim
Céu de Mistérios sem fim
Viva seu caminho, Leonin!

Céu de Mistérios sem fim
Céu de Mistérios sem fim
VIVAGORAVAI, Leonin!